X

Lipoaspiração

A maioria das pessoas sempre tem alguns quilinhos que quer perder. E a parte mais complicada de ir embora é a gordura localizada, principalmente no abdômen, que resiste a dieta e malhação. A lipoaspiração continua sendo uma das cirurgias mais procurada pelas mulheres para se livrarem das gordurinhas localizadas.E entre as dúvidas existente em torno do procedimento umas das mais comuns é em quais partes do corpo dá para fazer lipo? De acordo com os especialistas em todas as áreas com gordura localizada: culote, papada, abdômen, flanco, dorso, nádegas, face interna da coxa, do braço e nas costas.Não se faz lipoaspiração em regiões de articulação, como cotovelos, parte posterior do joelho e tornozelos.

A lipoaspiração não se destina à retirada de grandes volumes de gordura, e em hipótese alguma deve ser associada à ideia de perda de peso.O procedimento tende à melhorar o contorno corporal. O procedimento irá remover o excesso de gordura da área desejada, com isso, remodelar o corpo deixando-o mais proporcional a sua estrutura genética. A lipoaspiração é o ideal para pacientes que não apresentam flacidez cutânea.Em alguns casos a cirurgia pode ser associada com a outros procedimentos.É bem comum associação da lipoaspiração à abdominoplastia, já que a lipoaspiração retira a gordura acumulada e a abdominoplastia trata o excesso de pele e flacidez na região do abdômen.

Pós-Cirúrgico – O desejo de realizar uma cirurgia plástica pede uma programação por parte do paciente. É preciso dedicar um tempo ao processo do pós-operatório para que tudo ocorra dentro do previsto. Importante lembrar a necessidade de seguir à risca todas as recomendações médicas para obtenção de um resultado perfeito. Alguns cuidados depois da realização da lipoaspiração são comuns. Por exemplo, o uso de malhas ou cintas compressoras que têm papel fundamental nos cuidados da pele, reforçam a musculatura, evitam o aumento do inchaço, contribuem para a cicatrização e ajudam a remodelar a área operada. Também serão indicadas sessões de drenagem linfática. O retorno às atividades profissionais se dá em média 15 dias após a cirurgia. Por último, e não menos importante, é o resultado definitivo, que poderá ser observado por completo após 6 meses da realização da lipoaspiração.