CRESCE O NÚMERO DE CIRURGIAS PLÁSTICAS ENTRE ADOLESCENTES

Na adolescência, a ginecomastia pode acometer 50% dos meninos em determinado momento do seu desenvolvimento, e esse é o procedimento mais comum realizado entre eles.


A cirurgia corrige as glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas e é bastante indicada, pois permite que o adolescente pare de se sentir com vergonha e sinta-se ‘normal’, como os outros meninos da sua idade. Outras cirurgias bastante procuradas são a correção da orelha de abano e rinoplastia, empregada para melhorar o aspecto estético do nariz e a qualidade da respiração.


Já as meninas existem cirurgias que podem influenciar diretamente a sua saúde, como a mamoplastia.O tamanho exagerado das mamas pode gerar sérios problemas na coluna caso a cirurgia seja feita muito tardiamente. Além disso, existe toda a questão da autoestima da menina, que pode se sentir envergonhada por ter seios muito grandes para a idade.


Para as cirurgias corretivas, seguem as indicações da literatura médica: a correção da ‘orelha de abano’ (Otoplastia) deve ser feita a partir dos seis anos, quando as orelhas já cresceram totalmente; a cirurgia do nariz (Rinoplastia), após os 14 ou 15 anos, fase em que há formação completa dos ossos e da cartilagem nasais.

O assunto deve ser discutido entre o médico,o adolescente e a família.

Marque uma consulta:

Contate-nos

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube - Círculo Branco

Praça Miguel de Cervantes, nº 60

Sala 04 - Ilha do Leite | Recife PE

contato@brunoandradelima.com.br

(81) 3877  2975 / (81) 98877  7717

© 2019 por Agência Efivê

Marque uma consulta: (81) 3877.2975 (81) 98877.7717